Apoio Social e Educativo

Inscrições abertas para o Jardim de Infância Os Cerejinhas

logo

Morada

Rua Cidade Nova Lisboa (Traseiras da R. Cidade de Negage), nº7 e 9 c/v)

1800-106 Lisboa

Horário

Segunda a Sexta

09:30 - 18:00

Fundação

A Fundação surgiu para dar cumprimento ao voto de um grupo de Beneméritos que ofereceram ao Senhor Cardeal Patriarca, D. Manuel Gonçalves Cerejeira, em homenagem jubilar, a importância de 1.300.000,00 escudos, para construção de casas para famílias pobres e carenciadas de habitação que residiam em barracas anexas ao Seminário dos Olivais e Pátio de S. Vicente de Fora. Essa quantia deu origem a um fundo ao qual se juntaram donativos de outras Instituições, entre elas a Fundação Calouste Gulbenkian, a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, a Câmara Municipal de Lisboa, o Comissariado do Desemprego e outros benfeitores que constam no Livro de Ouro da Fundação. Mais tarde, em 1982, foram construídos, em Cascais, 52 fogos , sob licença de ocupação com um empréstimo a 50 Anos, de 30.852.000,00 escudos, feito ao Fundo de Fomento de Habitação e liquidados em 17-12-2007.

Cardeal Cerejeira

A população foi envelhecendo e em 1975 a Fundação Cardeal Cerejeira iniciou a valência do Centro de Convívio para a 3ª Idade com o objectivo de proporcionar actividades sócio -culturais, promover condições de bem-estar e uma melhor qualidade de vida aos residentes da área de actuação da Instituição através da oferta de actividades que os integrasse e os fizesse sentir “em casa”, esquecendo as suas preocupações, as dificuldades e as tristezas durante as horas de convívio contribuindo, assim, para retardar o processo de envelhecimento e incentivar a criação de laços sociais. Actualmente a capacidade é de 40 utentes.

Em 1988, foi aberta a valência de Centro de Dia e abriu em Edifício anexo à Sede, tendo a sua construção sido subsidiada pela Santa Casa da Misericórdia de Lisboa e actualmente apoia 40 utentes.

A Fundação Cardeal Cerejeira inaugurou a 3 de Março de 1969 nos Olivais Sul, o Jardim de Infância com capacidade para 25 crianças, filhas de moradores, que funcionava na sede da Instituição. Mais tarde em 1984, aumentou a sua capacidade para 50 crianças.

Em 1991 verificamos que existiam muitos idosos doentes que já não podiam frequentar o Centro de Dia e que necessitavam de ter apoio em suas casas. Iniciámos então a valência do SAD – Serviço de Apoio Domiciliário dando apoio a 20 acamados com o objectivo de proporcionar cuidados básicos de higiene pessoal e alimentação contribuindo para o bem-estar e melhor qualidade de vida evitando assim o seu ingresso em lar.

Em Janeiro de 2000, a Fundação inaugurou um Lar de Idosos , com o apoio da Segurança Social, na Quinta da Boavista em S. Pedro de Sintra com capacidade para 33 utentes.