Apoio Social e Educativo

Inscrições abertas para o Jardim de Infância Os Cerejinhas

logo

Morada

Rua Cidade Nova Lisboa (Traseiras da R. Cidade de Negage), nº7 e 9 c/v)

1800-106 Lisboa

Horário

Segunda a Sexta

09:30 - 18:00

Mensagem da Direção

A Fundação Cardeal Cerejeira, é uma Instituição Particular de Solidariedade Social sem fins lucrativos, sedeada em Lisboa, na freguesia dos Olivais na Rua Cidade Nova Lisboa, fundada em 11 de Abril de 1957, com Estatutos aprovados pelo Sub. Secretário de Estado da assistência Social, D. do Governo nº 92, III Série de 19 Abril de 1957. e mais tarde pelo Secretário de estado da Segurança Social, Diário da Republica nº 291, III série de 19 de Dezembro de 1981 e livro 3 das fundações de solidariedade social, sob o nº 90/86, a fls.97 verso da Direcção Geral da Segurança Social de 30-12-86.

Os nossos propósitos encaixam-se numa dinâmica com objectivos diferentes, perspectivando a Excelência na Qualidade dos serviços através da implementação do Sistema de Gestão da Qualidade, promovendo desta forma a sustentabilidade na organização, ambicionando ser uma Instituição de referência e de excelência, reconhecida na implementação de políticas e na prestação de serviços qualificados e humanizados no âmbito da solidariedade e de uma gestão e funcionamento exemplar.

Neste sentido, através das diversas valências (Centro de Dia, Centro de Convívio, Serviço de Apoio Domiciliário, Jardim de Infância, Lar de Idosos); do Gabinete de Inserção Profissional e do vasto corpo técnico que temos ao nosso dispôr,  desenvolvemos diariamente inúmeras actividades inovadoras, que promovem o bem-estar Biopsicossocial das Pessoas idosas e crianças.

Para finalizar, gostaria apenas de reforçar alguns objectivos que a Fundação Cardeal Cerejeira pretende manter e alargar, quer a nível Social, Educacional, Cultural e Religioso:

– Concretização de deveres de solidariedade social, apoiando crianças, idosos, famílias e pessoas carenciadas;

– Promover acções conducentes a participar no desenvolvimento integrado na comunidade;

– Manutenção e alargamento das actividades e da prestação dos serviços de acção social dirigidos e participados pela comunidade